COSEMS/CE participa de programação da APRECE alusiva aos 30 anos do SUS

 

Nesta semana em que se comemora a regulamentação do SUS, através da Lei 8.080, o COSEMS/CE esteve presente em mais uma edição do Quinta com Debate, realizado pela instituição parceira, Aprece. O encontro virtual reuniu personagens importantes para a discussão do tema: SUS 30 anos de avanços e desafios na Saúde – O Protagonismo no Ceará.

O presidente da Aprece, Nilson Diniz, destacou o trabalho de aproximação que a Aprece tem desenvolvido junto aos municípios com a programação do Quinta com Debate, fortalecendo as pautas municipalistas. No dia dedicado a comemoração dos 30 anos do SUS o gestor cravou o Sistema como exemplo a ser seguido em outras áreas. “Hoje a Saúde é um dos poucos setores onde temo a governança interfederativa realmente trabalhada, com a gestão tripartite acontecendo, nós precisamos que isso aconteça para outras áreas”. Para Nilson, a pandemia no Brasil vem mostrando ao mundo a força do capital humano do Sistema Único de Saúde.

Participante ilustre no debate, o Diretor da Fiocruz no Ceará, Carlile Lavor, falou diretamente da Universidade do Cariri, onde trabalha na formação de um curso de Medicina, trazendo mais uma vez a marca de quem está entre as maiores referências do SUS no país. Para ele é preciso se dedicar à formação de médicos voltados para o SUS, adaptando a tradição americana do especialista e se aproximando do modelo do profissional generalista, que serviria à composição das Equipes da Estratégia Saúde da Família. “ Como fazer um curso de Medicina que se integre às demais profissões, como a enfermagem, a educação física, a psicologia, serviço social? Esse é um ponto que estamos defendendo. E como ter realmente um local onde esses profissionais apreendam o que é um serviço de atenção básica de qualidade? ”.

Diretora de Pós-Graduação da Escola de Saúde Pública do Ceará, Olívia Bessa, enfatizou de início o mantra que deve ser repetido sempre: “O SUS é uma grande conquista!” Ela destacou também a necessidade de formação de novos profissionais capazes de compreender a saúde como um campo cada vez mais complexo, que acompanhe as mudanças sociais dos últimos anos. “São demandas complexas que envolvem outros recursos, como pensamento crítico, inovação, criatividade, flexibilidade, colaboração, comunicação, responsabilidade e resolução de conflitos”, elencou.

O princípio e o desafio da Universalidade incluso nas leis arrojadas do Sistema Único de Saúde, foi o primeiro ponto de destaque lembrado pela presidente do COSEMS/CE, Sayonara Cidade. Em consonância às falas anteriores, Sayonara destacou o papel dos conselhos de saúde que traz o compromisso de fazer uma saúde intersetorial. “Isso leva a um grande desafio para o gestor que é trabalhar para que todos tenham água de qualidade, moradia e alimentação”. No balanço sobre os avanços nos 30 anos de SUS, a presidente manifestou o que de mais importante o SUS assegurou, o aumento da expectativa de vida de milhões de brasileiros.

O Movimento “Eu Defendo o SUS”, representado na ocasião do debate pela professora e entusiasta Silvia Bonfim, trouxe a relevância de tratarmos o Sistema como uma luta constante por mais direitos, sem esquecer nossos deveres. Para Sílvia, muitas pessoas ainda não conhecem o SUS. “Nós temos que chegar numa linguagem em que as pessoas compreendam o que é o SUS, o que ele desenvolve”.

Acesse a live na íntegra pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=uWGvGrDWIl

 

 


Assessoria de Comunicação do COSEMS/CE

Fernando Cruz / Mário Cabral / Pedro Luna
Telefone: (85) 3101.5444