Na manhã de hoje (14), a Coordenadora de Atenção Primária, Christiele Braga, esteve como palestrante convidada no Seminário de Articulação Interfederativa para o cuidado às DCNT, que destaca a experiência positiva da Secretaria de Saúde de Martinópole na prevenção, identificação e fortalecimento no combate à obesidade, diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica, no período pandêmico em 2021.

De todos os 5570 municípios brasileiros, Martinópole, ao lado da cidade de Brasiléia (AC), foram escolhidas para contar como foi articulado todo o trabalho, realizado com êxito, em relação às DCNT (doenças cerebrovasculares e cardiovasculares, neoplasias, obesidade, diabetes, hipertensão, entre outras) que são consideradas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) um dos maiores problemas de saúde pública no mundo.

Christiele Braga diz que o convite do Ministério foi uma oportunidade para mostrar como o município de Martinópole está lidando com as doenças crônicas não transmissíveis no contexto da pandemia. “Ficamos extremamente honrados com o convite. O momento da apresentação em si foi muito rico, onde abordamos e apresentamos nossa visão da promoção à saúde para todo o Brasil”, ressaltou a Coordenadora da Atenção Primária.

 

  • Com informações da Prefeitura de Martinópole
  • Imagem: Prefeitura de Martinópole

 


Assessoria de Comunicação do COSEMS/CE

Fernando Cruz / Mário Cabral / Pedro Luna
Telefone: (85) 3101.5444

Assessoria de Comunicação do COSEMS/CE

Fernando Cruz / Mário Cabral / Pedro Luna
Telefone: (85) 3101.5444