A Superintendência Regional de Fortaleza (SRFOR) realizou nesta terça-feira (30), na Escola de Saúde Pública do Ceará a Oficina Ampliada sobre Regionalização e Governança, como parte do Processo de implementação do Planejamento Regional Integrado (PRI) e que tem o objetivo de aprimorar a governança macrorregional do SUS fortalecendo a gestão estratégica tripartite do SUS.

Acesse a galeria de fotos aqui.

O encontro contou com a condução do superintendente da Região de Saúde de Fortaleza, Ícaro Borges e da representante do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) e articuladora do projeto no estado, Maura Vanessa. O vice-presidente do COSEMS-CE e secretário da saúde de Pindoretama, Rilson Andrade, entre outros secretários da região de Fortaleza contribuíram com as discussões.

A Região de Saúde encontra-se na fase 4 de implementação do projeto onde se elabora a organização dos Pontos de Atenção da RAS para a programação macrorregional das ações e serviços de saúde nos territórios, considerando o envolvimento de instituições públicas e privadas e de profissionais atuantes nas diversas áreas.

O Comitê de Governança Regional deverá seguir com sua essência em cima dos seguintes fatores: Prevalência do Interesse Coletivo Regional sobre o Local; Prevenção do Risco de Agravo à saúde mental como medida de segurança sanitária; autonomia dos entes federados; equidade federativa no rateio dos recursos do estado; progressiva diminuição das disparidades regionais; a garantia da integralidade da assistência à saúde, conforme previsto na Renases, Rename e Remune; entre outros.

A participação no comitê será dividida com gestores das três esferas de governo, prestadores de serviço e representantes do Controle Social. “Essa oficina é importante para a gente cuidar da nossa regionalização, observando os atores desse processo. Sentando e discutindo com todos, para que possamos melhorar o serviço na ponta”, comenta Silvana Soares, secretária de saúde de Guaramiranga.

Participantes do encontro, outros gestores também avaliaram positivamente os debates. “Nós precisamos exatamente disso, de uma gestão compartilhada e fortalecida, para que possamos atender ainda melhor nossas linhas de cuidado”, avalia Sandra Oliveira, secretária de saúde de Paracuru. “Com base em toda complexidade que envolve o Sistema Único de Saúde, a regionalização é uma necessidade para que o SUS possa dar uma resposta melhor para a nossa população”, finaliza Ademária Temoteo, secretária de saúde de Paraipaba.

Também estiveram no encontro a secretária executiva, Cacau Queiroz; a assessora técnica, Sharliane Monteiro; além das apoiadoras Mayara Nunes e Cláudia Ricarte.


Assessoria de Comunicação do COSEMS/CE

Fernando Cruz / Mário Cabral / Pedro Luna
Telefone: (85) 3101.5444

Assessoria de Comunicação do COSEMS/CE

Fernando Cruz / Mário Cabral / Pedro Luna
Telefone: (85) 3101.5444